Exumação

É difícil não comparar o dia da Exumação com o próprio dia do funeral. Os acontecimentos que envolvem esse processo transforma o dia da exumação no mesmo dia de tristeza e angustia do sepultamento, com uma pequena diferença, os amigos e colegas não participam.

Após toda a remoção dos restos mortais, os mesmo são depositados em um ossuário, que normalmente é localizado um pouco mais distante do cemitério e as visitas não são tão comuns, mas os que ali passam, são pessoas com diferentes culturas que precisam realizar algum ato religioso para o descanso do morto, além de uma limpeza no local e troca de coroa de flores velas ou coisas do tipo que prestam homenagens ao ente falecido que ali está.

Exumação

O que é exumação?

A exumação é o ato de remover da sepultura os restos mortais existentes de um cadáver e transportá-lo para um outro local especifico para serem guardados.

Pelo fato dos cemitérios estarem lotados, o processo de exumação tem se tornado muito comum.

Para a realização da exumação, os familiares não são obrigados a participar, mas alguns agentes de saúde e agentes sanitários.

O que é exumação

Exumação e os fenômenos posteriores

Existem alguns fenômenos que acontecem com os corpos no decorrer de alguns anos. Muitas vezes quando é realizado o processo de exumação que normalmente é feito após 4 anos em que o corpo foi enterrado, o cadáver é encontrado de forma intacta, onde o processo de decomposição não foi nem iniciado.
Apesar de ser normal esse acontecimento, para quem não tem o costume e precisa acompanhar a exumação de um ente querido, isso gera um grande susto.

No decorrer do processo, normalmente os familiares ali presente, acabam escolhendo pela cremação, um outro processo onde o corpo é levado até um forno especial e lá é queimado até virar cinzas.

 

Assista ao vídeo:

Funerária Best - 21 de outubro de 2015